Avião militar cai na Argélia e deixa mais de 250 mortos

Acidente aconteceu a 30 km da capital, Argel; maioria das vítimas era de soldados

Soldados participam do resgate do avião militar que caiu próximo a Argel, capital argelina - Ryad Kramdi/AFP

ARGEL (ARGÉLIA) A queda de um avião militar próximo a cidade de Argel, capital argelina, na manhã desta quarta-feira (11) deixou 257 mortos, disse o Ministério da Defesa local, sendo 247 passageiros e dez tripulantes.

A maior parte dos mortos é de soldados do Exército argelino. Entre as vítimas estão também ao menos 26 membros do Polisario, um grupo Soldados participam do resgate do avião militar que caiu próximo a Argel, capital argelina – apoiado pelo governo argelino que luta pela independência do Saara Ocidental, território disputado com o vizinho Marrocos

Assine o Blesss

É o maior número de mortos causados por uma queda de avião em quatro anos, desde que uma aeronave da Malaysia Airlines caiu após ser atingido por um míssil quando sobrevoava a Ucrânia, deixando 298 mortos em julho de 2014.

Antes disso, o maior acidente tinha acontecido em 2003, quando um avião militar iraniano modelo Ilyushin Il-76, de origem russa, caiu quando sobrevoava uma área montanhosa do país, matando os 275 passageiros a bordo.

O avião que caiu nesta quarta é do mesmo modelo do iraniano. A aeronave de origem russa caiu em uma fazenda logo após decolar da base militar de Boufarik, no norte do país, a 30 quilômetros de Argel.

Ele tinha como destino uma base militar na cidade de Bechar (720 quilômetros a sudoeste de Argel, próximo da fronteira com o Marrocos).

Antes, porém, iria fazer uma parada em Tindouf (700 quilômetros ao sul de Bechar) cidade onde vivem milhares de refugiados do Saara Ocidental e que faz fronteira com o território disputado.

Não há informações ainda sobre o número exato de pessoas a bordo ou se há pessoas feridas. Também não há detalhes obre a causa do acidente.

É o primeiro acidente com um avião militar no país desde fevereiro de 2014, quando 77 pessoas —entre militares e seus familiares— morreram na queda de um Hercules C-130 a 500 quilômetros da capital Argel.

Redação: Visão Cristã
Com informação da Folha de S. Paulo

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Comentários do Facebook