Coral da Reforma é confirmado no Culto de Ação de Graças pelos 500 anos do Protestantismo

Coral é formado por membros das igrejas presbiterianas Renascer de Queimadas e de Campina Grande

Coral com mais de 80 vozes será uma das novidades do Culto de Ação de Graças pelos 500 Anos da Reforma [Foto: Arquivo do pastor Erivan]

Foram convidadas centenas de pastores, evangelistas, diáconos, além de autoridades civis e militares com atuação na cidade “Rainha da Borborema”.

O Coral da Reforma – formado por membros das igrejas Presbiterianas Renascer de Campina Grande e Queimadas -, será uma das novidades do Culto de Ação de Graças pelos 500 Anos da Reforma Protestante, que acontecerá na noite deste sábado (28), na Catedral da Igreja Congregacional Central (Rua 13 de Maio), em Campina Grande.
O evento é realizado conjuntamente por duas instituições: Ordem dos Ministros Evangélicos do Brasil e do Exterior (OMEBE), através do Conselho Estadual da Paraíba; e a Visão Nacional Para Consciência Cristã (VINACC). Foram enviados convites para centenas de pastores, evangelistas, diáconos, além de autoridades civis e militares com atuação na cidade “Rainha da Borborema”.

De acordo com o pastor Francisco Erivan Gomes, de a Igreja Presbiteriana Renascer da cidade de Queimadas e responsável pelo coral, o grupo é formado por 80 vozes.

Assine o Blesss

“Vamos participar do Culto da Reforma Protestante com 80 integrantes. São membros das igrejas presbiterianas Renascer de Queimadas e Campina Grande, que se juntarão pela primeira vez com esse objetivo: Louvar a Deus pelos 500 anos da Reforma Protestante”, destacou o pastor Erivan Gomes.

PREGADOR
Para ministrar a Palavra de Deus, a OMEBE e VINACC confirmaram a presença do pastor Jámerson Lopes, da Igreja o Brasil Para Cristo.

O pastor Jámerson é um dos estúdios da Reforma Protestante em Campina Grande. Ele abordará o tema: “500 Anos Depois: O Legado da Reforma e a Necessidade de Pregadores Fiéis”.

Por: Gomes Silva
Redação: Consciência Cristã News

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Comentários do Facebook