“Eu percebi quão judeu o Novo Testamento é”, afirma judeu convertido ao Evangelho

O cientista judeu Dr. James Tour, ganhador do Prêmio Nobel e uma das 50 mentes mais influentes do mundo compartilhou testemunhou à organização missionária One For Israel sobre sua conversão ao Evangelho de Jesus Cristo.
"Mais do que tudo isso [prêmios e títulos], o que mais significa para mim é que eu sou um judeu que acredita que Jesus é o Messias."

“Mais do que tudo isso [prêmios e títulos], o que mais significa para mim é que eu sou um judeu que acredita que Jesus é o Messias.”

O cientista judeu Dr. James Tour, ganhador do Prêmio Nobel e uma das 50 mentes mais influentes do mundo compartilhou testemunhou à organização missionária One For Israel sobre sua conversão ao Evangelho de Jesus Cristo.

“Quando eu li nas Escrituras o que é o pecado, percebi que era um pecador”

O pesquisador conta que não se lembra de ter ouvido falar sobre pecado durante toda sua juventude. Foi só quando alguém em uma lavanderia o apresentou o que a Bíblia diz sobre o pecado e a salvação somente pelo sangue de Jesus que ele entendeu o plano da salvação.

Assine o Blesss

“Nós judeus sabemos mais do que ninguém que sem derramamento de sangue não há perdão de pecados. (…) Este é o homem que tomou sobre si na cruz. O perfeito Deus vem e se entrega a nós. Comecei a perceber quão judeu o Novo Testamento é.”, afirma Dr. Tour.

Rejeição da família após conversão ao Evangelho

O cientista judeu conta que sofreu rejeição da família. “Minha mãe contou ao meu pai e eles não ficaram nada felizes. Ela disse ‘Eu não os culpo por terem matado Jesus depois de tudo que ele disse. Quem é ele para ir contra os líderes religiosos? Ele teve o que mereceu'”. Depois de ler toda a Bíblia, Antigo Testamento e Novo Testamento, sua mãe também se converteu a Jesus Cristo.

Assista o testemunho completo do Dr. James Tour.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Comentários do Facebook