Jair Bolsonaro é eleito com 57,8 milhões de votos no segundo turno

O candidato do PSL Jair Bolsonaro conquistou 57,8 milhões de votos no segundo turno e derrotou Fernando Haddad do PT, que teve 47 milhões de votos. Veja também a lista de governadores eleitos no segundo turno em 2018.

Jair Bolsonaro é Presidente eleito no Brasil. Governador eleito em Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Amapá, Rondônia, Rio Grande do Norte, Amazonas, Pará, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Sergipe, Roraima e no Distrito Federal.
O candidato do PSL Jair Bolsonaro conquistou 57,8 milhões de votos no segundo turno e derrotou Fernando Haddad do PT, que teve 47 milhões de votos. Veja também a lista de governadores eleitos no segundo turno em 2018.

Jair Bolsonaro foi eleito presidente do Brasil no segundo turno das eleições e tomará posse em 1° de janeiro de 2019. O capitão reformado do exército de deputado federal desde 1991 obteve 55,13% dos votos válidos nas eleições de domingo, 28 de outubro. O professor Fernando Haddad terminou com 44,87% dos votos válidos, o equivalente a 47 milhões de votos.

Os votos nulos, brancos e abstenções (pessoas que não compareceram ao local de votação) somam 42,1 milhões de eleitores que não escolheram nenhum candidato, cerca de um terço do total. O número de votos nulos foi o maior registrado desde 1989, totalizando 8,6 milhões, 7,4% do total de eleitores.

Veja as principais propostas de Jair Bolsonaro:

  • Redução do número de ministérios dos atuais 29 para cerca de 15, com cortes de cargos e fim das indicações políticas;
  • Redução da carga tributária e desburocratização;
  • Privatização ou extinção de estatais;
  • Imposto de renda: alíquota única de 20% e isenção na faixa até 5 salários mínimos;
  • Construção de colégios militares nas capitais e encorajar a educação a distância;
  • Reforma política e o fim da reeleição;
  • Expulsão de médicos cubanos que não conseguirem revalidar o diploma no Brasil e “credenciamento universal” de médicos para atendimento no SUS;
  • garantia de retaguarda jurídica de “excludente de ilicitude” para civis e policiais;
  • mudança no Estatuto do Desarmamento e tipificação de ações do MST como terrorismo;
  • redução da maioridade penal;
  • resgate do projeto das 10 medidas contra a corrupção;
  • mudanças na Lei Rouanet, que reverte recursos para cultura;
  • aproximação com EUA, Japão, Europa e Israel e distanciamento da Venezuela.

Quem são os governadores eleitos no segundo turno em 2018

Assine o Blesss

Além das eleições presidenciais, 14 unidades da federação elegeram governadores nesse domingo (28). As eleições 2018 foram para o segundo turno em Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Amapá, Rondônia, Rio Grande do Norte, Amazonas, Pará, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Sergipe, Roraima e no Distrito Federal.

Veja a lista de governadores eleitos em segundo turno:

São Paulo
Eleito, João Doria (PSDB) teve 51,75%; enquanto Márcio França (PSB), 48,25%.

Rio de Janeiro
Eleito, Wilson Witzel (PSC) teve 59,87% dos votos; enquanto Eduardo Paes (DEM), 40,13%.

Minas Gerais
Eleito, Romeu Zema (NOVO) teve 71,80% dos votos; enquanto Antonio Anastasia, 28,20%.

Rio Grande do Sul
Eleito, Eduardo Leite (PSDB) teve 53,62% dos votos; enquanto José Ivo Sartori (MDB), 46,38%.

Distrito Federal
Eleito, Ibaneis (MDB) teve 69,79% dos votos; enquanto Rodrigo Rollemberg (PSB), 30,21%.

Amapá
Eleito, Waldez Góes (PDT) teve 52,35% dos votos; enquanto Capi 40 (PSB), 47,65%.

Amazonas
Eleito, Wilson Lima (PSC) teve 58,52% dos votos; enquanto Amazonino Mendes (PDT), 41,48%.

Mato Grosso do Sul
Eleito, Reinaldo Azambuja (PSDB) teve 52,35% dos votos; enquanto Juiz Odilon (PDT), 47,65%.

Pará
Eleito, Helder (MDB) teve 55,43% dos votos; enquanto Dercio Miranda (DEM), 44,57%.

Rio Grande do Norte
Eleita, Fatima Bezerra (PT) teve 57,60% dos votos; enquanto Carlos Eduardo (PDT), 42,40%.

Rondônia
Eleito, Coronel Marcos Rocha (PSL) teve 66,34% dos votos; enquanto Expedito Júnior (PSDB), 33,66%.

Santa Catarina
Eleito, Comandante Moisés (PSL) teve 71,09% dos votos; enquanto Gelson Merísio (PSD), 28,91%.

Sergipe
Eleito, Belivaldo (PDT) teve 64,37% dos votos; enquanto Valadares Filho (PSB), 35,27%.

Roraima
Eleito, Antonio Denarium (PSL) teve 53,36% dos votos; enquanto Anchieta (PSDB), 46,64%.

Ore pelos governantes eleitos

A Bíblia nos orienta a orar e respeitar as autoridades. Oremos para que sejam pessoas íntegras e governem para o bem de toda a população, sabendo que Deus os julgará de acordo com suas ações.

“Antes de tudo, recomendo que se façam súplicas, orações, intercessões e ações de graças por todos os homens; pelos reis e por todos os que exercem autoridade, para que tenhamos uma vida tranquila e pacífica, com toda a piedade e dignidade” – 1 Timóteo 2:1-2

“Os lábios arrogantes não ficam bem ao insensato; muito menos os lábios mentirosos ao governante!”  – Provérbios 17:7

“Os lábios do rei falam com grande autoridade; sua boca não deve trair a justiça.”  – Provérbios 16:10

“O Senhor reina para sempre; estabeleceu o seu trono para julgar. Ele mesmo julga o mundo com justiça; governa os povos com retidão.”  – Salmos 9:7-8


Informações: TRE, G1, Estado de Minas.

Redação: Visão Cristã.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Comentários do Facebook