Pastor usa inseticida para curar doenças na África do Sul

Um pastor da África do Sul causou indignação nas redes sociais do país depois de divulgar promessas de cura para as doenças quando pulveriza inseticidas nos fiéis.

ÁFRICA DO SUL – Um pastor da África do Sul está causando revolução nas redes sociais por prometer a cura de enfermidades quando pulveriza inseticida nos fiéis.

Assine o Blesss

Lethebo Rabalgo, da Igreja Mount Zion General Assembly, em Limpopo, usou durante os cultos um pesticida da marca Doom enquanto “profetizava” a cura de seus seguidores.

As imagens publicadas no Facebook viralizaram, e ele ganhou o apelido de “Profeta de Doom”, palavra em inglês que pode ser traduzida como “destruição”.

Em entrevista com a rede britânica BBC, Rabalago contou que usou inseticida na cara de uma mulher que tinha infecção ocular. “Ela era boa, porque creu no poder de Deus”, disse o líder religioso. Em seus sermões, disse que à congregação que também podia curar inclusive câncer e AIDS. Ele insiste que despois de usar o spray, a cura vem.

O fato chamou a atenção do governo sul-africano, que criou uma comissão para investigar as ações do pastor.

A empresa responsável pela fabricação do inseticida, Tiger Brands, publicou uma nota onde alerta sobre os riscos que existe ao aplicar a substância tóxica no corpo. Disse que o material é toxico e que enviaram um pedido formal ao ministro que pare com essa prática.

Governo investiga pastores

Este é apenas mais um caso que será investigado pela Comissão de Direitos Culturais, Religiosos e Linguísticos da África do Sul (CRL Rights Commission). A agencia do governo está pedindo a qualquer pessoa que está doente e que lhes foi proporcionado a expectativa de cura, que busquem às autoridades e informem sobre pastores charlatões.

Ao longo dos anos, a Comissão de Direitos CRL, exigiu que vários líderes religiosos da África do Sul respondam perante os tribunais pela “comercialização da religião e crença ao abuso”.

Em agosto, uma jovem morreu durante um culto na igreja de Lethebo Rabalago. Para demonstrar fé, o pastor pediu que a jovem se deitasse no chão e pediu que colocassem sobre ela uma caixa de som.

O líder religioso sentou-se em cima da caixa de som para afirmar que a mulher não sentia dor e continuou pregando por alguns minutos sobre o “milagre” que ela ia receber por crer.

De acordo com a notícia, a mulher morreu devido às lesões internas que sofreu por excesso de peso sobre o corpo.

Com informações Rede Britânica BBC e Notícias Cristianas
Tradução: Jonara Gonçalves
Imagem: Reprodução web

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Comentários do Facebook